As últimas palavras de Tony Nicklinson: Eu já estou morto não chore por mim

Tony Nicklinson de 58 anos de idade, sofreu um acidente vascular cerebral que o deixou paralisado há sete anos. Ele morreu de pneumonia em casa com sua família em 22 de agosto, depois de recusar alimentos líquidos e antibióticos. O óbito aconteceu uma semana depois de perder uma batalha judicial onde ele queria obter o direito de acabar com a própria vida.

Sua esposa Sra. Nicklinson, espera que alguém assuma a campanha pelo direito de morrer. Falando pela primeira vez desde a sua morte, ela disse à BBC que não acreditava que ele teria gostado de viver muito mais tempo, mesmo que os tribunais decidissem em seu favor. “Eu realmente acho que se ele tivesse ganhado, ele teria terminado a sua vida muito em breve”.

Uma das últimas coisas que ele disse para esposa antes de morrer foi:

Eu já estou morto – não chorem por mim

Leia também: Pacientes terminais poderão se tratar em casa

Publicado em setembro 11, 2012, em Desabafe e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: